Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Viajar com o seu animal de estimação

Chegando as férias, o que fazer com o seu bichinho quando tem de viajar? Ao adquirir um animal de estimação, seja um gato, um cão ou um hamster, os donos tem tendência a desconsiderar um pormenor importante, o que fazer quando viajar? E é este pequeno grande pormenor que abordamos neste artigo.

Para muitas pessoas com animais de estimação, a chegada das férias é um verdadeiro dilema, terminando alguns casos com o abandono dos animais, algo que naturalmente condenamos.

Caso partilhe deste dilema quando vai viajar não se preocupe, não é por ter um companheiro peludinho que terá de deixar de viajar, desde que seja considerado os aspectos abordados de seguida.

Dicas para viajar com o seu animal de estimação

Deverá levar o seu animal a fazer um check-up no veterinário antes da partida e depois da chegada. Explique ao veterinário para onde vai e que tipos de contatos é que o seu bichinho irá ter. Este é um procedimento especialmente importante para os gatos, pois é a única forma de evitar a contracção da leucose felina (leucemia felina).

Viajar-com-o-seu-animal-de-estimaçãoO seu animal de estimação deverá estar devidamente identificado, para o caso de se perder.  Certifique-se que leva toda a documentação que diga respeito ao seu animal, nomeadamente o boletim de vacinas. Confirme, mediante o local para onde vai, principalmente se for para fora da UE, que mais documentos poderá necessitar.

Durante a viagem de carro, o cão deverá seguir dentro da caixa de transporte e/ou no banco de trás. Muito embora a imagem seja adorável, o animal deverá seguir com a cabeça dentro do veículo, de forma a evitar o desenvolvimento de irritações oculares ou de otites. Os gatos deverão igualmente viajar dentro da caixa, pois, geralmente sentem-se mais confortáveis assim. Da mesma forma, os outros animais deverão seguir dentro das suas gaiolas. Os animais têm tendência a ressentir-se durante a viagem, pelo que levar os seus brinquedos favoritos e fazer paragens frequentes tornará o processo mais agradável.

Os animais de porte pequeno podem, geralmente, viajar em transportes públicos. Os animais não transpiram quando têm calor. Por isso, como forma de evitar o desconforto do seu parceiro, procure viajar durante as horas mais frescas e leve muita água consigo para o manter satisfeito.

No caso de viajar de avião, deve informar a companhia durante a compra do bilhete ou, no mínimo, 24h antes do voo. Animais de porte pequeno podem viajar junto dos donos na cabine, sempre dentro da sua caixa (que deverá estar de acordo com as medidas estipuladas pela companhia) e colocados debaixo do banco de forma a não prejudicar a circulação na cabine. Não deverá alimentar o seu bichinho nas dez horas que precedem o voo e deverá deixá-lo fazer as suas necessidades antes de o colocar na casa.

De todos os meios de viagem, a viagem de avião é a que os animais de estimação costumam reagir melhor. No entanto, é sempre possível dar um medicamente anti-enjoo ou um sedativo (sempre com prescrição veterinária) se tal for necessário.

Não se esqueça do seu amiguinho!

Lembre-se que o animal de estimação é um companheiro para a vida. Animais como cães, gatos e roedores (coelhos, chinchilas, hamsters, etc) estão muito dependentes de cuidados por parte dos donos, quer a nível mais prático (higiene e alimentação), quer a nível emocional. Os animais sentem saudades, por isso evite deixar o seu bichinho sem companhia durante muito tempo.

Na eventualidade de não conseguir reunir as condições necessárias para levar o seu companheiro de quatro patas consigo em viagem, procure deixá-lo com um familiar ou amigo da sua confiança e com o qual o animal se sinta confortável. Se tal for impossível, considere deixá-lo num hotel para animais ou junto do seu veterinário.

E não se esqueça um animal de estimação não é apenas uma decoração ou um brinquedo. É um amigo de uma vida, por isso, não o abandone!

Mulher entre muitas outras! --