Quando a queda de cabelo se transforma num pesadelo

De certeza que a queda de cabelo já a deixou ficar literalmente de cabelos em pé, sobretudo quando se depara com uma queda excessiva de cabelo. Perante estas situações é  muito importante que se mantenha a calma, o mesmo será dizer que não precisar de entrar em pânico quando se deparar com esta situação, uma vez que na generalidade dos casos a queda do seu cabelo é um processo normal. É no entanto é fundamental que saiba distinguir a queda de cabelo normal da perda de cabelo mais grave, dado que a última poderá requerer alguns tratamentos.

queda de cabelo é uma resposta fisiológica desencadeada pelo nosso organismo quando este passa por algumas alterações, porém como fora referido anteriormente nem todas as quedas de cabelo são iguais. Quando ocorre uma queda de cabelo normal, o cabelo cai mas com o passar do tempo dá-se a chamada renovação capilar, enquanto que em outros casos os cabelos caem e nunca mais nascem outros no seu lugar, caracterizando-se este problema por alopecia.

Será ainda importante referir que a alopecia não é caracterizada como uma doença, motivo pelo qual não colocamos este artigo na categoria saúde mas sim na categoria beleza, e que atualmente este tipo de problema não interfere só com o sexo masculino, tendo em conta que já existem inúmeras mulheres com este problema.
Queda-de-cabelo-ou-alopecia

Queda de cabelo ou alopecia?

Segundo alguns especialistas uma mulher com uma queda normal de cabelo poderá perder cerca de cem fios de cabelo por dia, tendo em conta que contar diariamente todos os cabelos que perdemos não é de todo uma tarefa fácil, estando nos limiares da impossibilidade, para que possa ter a noção se a sua queda de cabelo é normal ou se porventura poderá ser mesmo um problema de alopecia, basta ter o cuidado de pela manha, após se levantar, verificar o volume de cabelos que se encontram na sua almofada. Ao analisar a almofada, caso verifique que o volume de cabelo encontrado seja em grande quantidade poderá representar um problema capilar grave, nomeadamente o problema da alopecia, nestes casos é aconselhável consultar o seu dermatologista com alguma urgência.

Atualmente existem inúmeros tipos de alopecia, no entanto as que são mais frequentes quer no sexo feminino ou masculino, são a alopecia androgénica, que tal como o nome nos indica provem de origem genética. Neste caso a queda de cabelo manifesta-se essencialmente na zona frontal da parte do couro cabeludo, podendo também alastrar-se desta forma até à parte detrás da cabeça. Contudo nas mulheres esta perda de cabelo não se demonstra tão visível como nos homens, dado que neles ela surge de uma forma mais localizada. Dando assim origem às vulgares entradas.

A alopecia areata é outra das que mais se manifesta quer no sexo masculino quer no sexo feminino, no entanto esta queda não se dá num sítio específico, podendo desta forma surgir em qualquer zona do cabelo, originando desta forma pequenas peladas capilares. Contudo para além da zona da cabeça este tipo de alopecia poderá originar no sexo feminino a queda de pestanas e de sobrancelhas, enquanto no homem poderá dar-se a queda das pestanas e da barba.
principais-causas-da-queda-de-cabelo

As principais causas da queda de cabelo

As causas que podem surtir na perda de cabelo são muito vastas, no entanto as mais conhecidas são a idade e os fatores genéticos, sendo desta forma desencadeada devido a uma herança familiar. No entanto para além destes fatores contribuintes existem muitos mais. Problemas hormonais, problemas alimentares, como desnutrição e dietas loucas, a utilização de determinados produtos químicos e farmacológicos, como os utilizados na quimioterapia e alguns antidepressivos, fatores emocionais, como a angústia, estados depressivos, estados de ansiedade, o stress físico e psicológicos são alguns dos outros principais responsáveis pelo desenrolar da alopecia.

Como já fora anteriormente referido, a alopecia é um problema que poderá afetar tanto os indivíduos do sexo masculino como os indivíduos do sexo feminino. No que concerne à idade mais propícia para o seu aparecimento, é entre os 30 e os 45 anos que a queda de cabelo se tende a manifestar, o que não significa que esta não possa aparecer numa fase mais precoce, nomeadamente durante a juventude.

Apesar de a queda de cabelo ser um problema que em alguns casos pode ser revertido, evitado ou de certa forma atenuado são muitas as mulheres e homens que sofrem com o seu aparecimento, verificando-se em alguns casos uma diminuição da auto-estima, da socialização e da produtividade diária, como também estados psicológicos mais depressivos.

Tratamento antiqueda Expert Cabelos – Pack embalagens. CLIQUE AQUI!

Tratamento para a queda de cabelo e alopecia

Os tratamentos aplicados neste tipo de problema nem sempre lhe poderão proporcionar os resultados que anseia e procura, no entanto muitos deles conseguem combater o problema da queda e perda de cabelo de uma forma eficaz, proporcionando-lhe assim efeitos positivos e duradouros.

Desta forma terá inúmeras soluções que vão ao encontro da gravidade do seu problema, dado que em alguns dos casos o tratamento da alopecia poderá ser de feito de forma mais simples através da:

  • Aplicação de ampolas, champôs e estimuladores de crescimento;
  • Caso seja detetada a causa da alopecia os medicamentos poderão ser uma boa solução;
  • Se a alopecia for proporcionada pelo facto da sua alimentação não ser correta, uma simples dieta equilibrada pode resolver o seu problema;
  • Micro transplante capilar;
  • Aplicação de próteses capilares;
  • Entre outros.Tratamento-para-a-queda-de-cabelo

Outro factores importantes na queda de cabelo

Estes são alguns dos principais tratamentos aos quais poderá recorrer para colmatar o problema tão indesejado da alopecia, desta forma vai poder voltar a sentir-se bonita e confiante como sempre foi. No entanto hoje em dia este tipo de problema não possui nenhuma medida preventiva que lhe de garantias a cem porcento que durante toda a sua vida vai conseguir evitar este problema de queda de cabelo tão preocupante.

No entanto existem algumas medidas que a poderão auxiliar os tratamentos para a queda de cabelo e aloepecia, como por exemplo uma alimentação rica e equilibrada, evitar o uso excessivo de tintas e de produtos que possam ser muito fortes e danifiquem o cabelo, cortar o cabelo regularmente e evitar o uso excessivo de babyliss e secadores, são alguns dos métodos que se poderão aliar a si como uma simples forma preventiva, contudo ao implementar estas medidas no seu dia-a-dia, lembre-se que nada lhe garante que não venha a sofrer com este problema, porém já pode ser uma boa ajuda para atenuar a intensidade da sua manifestação.

Partilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter