Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Poupar dinheiro levando as refeições de casa para o trabalho

Actualmente, a frágil conjuntura económica e social faz com que poupar dinheiro seja uma das principais, senão mesmo a principal, preocupações dos Portugueses para fazer face ao generalizado aumento do custo de vida.

Apesar de podermos fazer uma poupança considerável estabelecendo prioridades naquilo que compramos, nomeadamente optando por não gastar dinheiro em coisas que consideremos como supérfluas, existem outras formas de poupar dinheiro no dia-a-dia, como por exemplo optar por levar o almoço e outras pequenas refeições para o seu local de trabalho.

Neste artigo debruçamos-no sobre as vantagens e desvantagens que fazer as refeições no seu local de trabalho pode ter, sobretudo para a sua carteira.
levar-refeições-para-o-trabalho

Fazer as refeições no seu local de trabalho

A generalidade das pessoas optam por realizar as refeições fora do seu local de trabalho, optando por bares e restaurantes para o pequeno-almoço, passando pelo almoço e terminando no lanche ao fim da tarde, traduzindo-se isto num custo acrescido da alimentação no seu orçamento pessoal.

Se ir almoçar ou lanchar fora tem as suas vantagens, das quais destacamos o facto de a ajudar a abstrair-se do ambiente de trabalho, é inegável que gastar 20 ou 30 euros por dia em refeições (sem contar com o jantar, uma vez que em circunstancias normais conseguirá fazer este em casa), é um valor incomportável para a generalidade dos orçamentos familiares dos Portugueses.

Muitos de nós optam por realizar as refeições fora do local de trabalho, em vez de levar as refeições de casa, não pelas suas vantagens face à “marmita”, nem tão pouco pelas excelentes condições salariais que os Portugueses auferem ao fim de cada mês (naturalmente estou a ser irónica!), mas sim por ainda persistir o preconceito de que quem leva as refeições para o seu local de trabalho serem os trabalhadores com baixas qualificações académicas e/ou em situação precária e menos prestigiante.

A realidade é que não só todas as profissões são essenciais para a sociedade, uma vez que considero que um operário de construção civil é tão importante como um arquitecto ou engenheiro, uma vez que sem estes dificilmente um obra ficaria concluída, como também é facilmente constatável que cada vez mais pessoas com cargos de direcção e chefia optam por levar as refeições de casa, o que a meu ver é um sinal de inteligência.

Um fenómeno em franco crescimento

Um dos principais entraves a esta tendência crescente é o facto de a generalidade das micro, pequenas e médias empresas não estarem muito sensibilizadas para este fenómeno, não dispondo de um local apropriada para os trabalhadores almoçarem, todavia o cenário deverá ser diferente daqui a alguns anos.

Poupar dinheiro é uma arte e não uma ciência, podendo sempre reinventar novas formas e maneiras de aliviar o seu orçamento familiar, que com o actual custo de vida parece cada vez mais apertado.

A título de conclusão gostaríamos de lhe relembrar que para além de dever priorizar aquilo que considera essencial, deverá ter em conta que a alimentação representa uma boa fatia do orçamento familiar, levando as suas refeições de casa para o trabalho, para além de a ajudar a poupar dinheiro, contribuirá ainda para um estilo de vida mais saudável e equilibrado, ajudando-a a perder peso e a manter a linha, coisa que para nós mulheres é muito importante.

Mulher entre muitas outras! --

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of