Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Porque não deve contar as calorias ingeridas

Uma das técnicas mais utilizadas por quem quer emagrecer é contar as calorias ingeridas ao longo do dia. O objectivo, na maioria dos casos, é ter a certeza de que não ingere calorias a mais do que as necessita para cumprir o seu plano de dieta.

As dietas que consistem em contar as calorias ingeridas, que muitas das vezes são indicadas por nutricionistas, nem sempre trazem os benefícios desejados. Algumas vezes até é uma das principais causas para abandonar a dieta e o objectivo de perder peso.

Normalmente o objectivo é ingerir um certo número de calorias por forma a emagrecer um certo número de gramas (possivelmente quilogramas) num certo período de tempo. Adicionalmente, e se não quiser contactar um nutricionista, pode calcular o número de calorias que o seu corpo gasta em repouso (resting metabolic rate ou RMR, que é a quantidade de calorias que um corpo em repouso gasta) e obtém, de uma forma muito básica, o limite máximo de calorias que pode ingerir para manter o mesmo peso. A partir daí, e tendo em conta que faz algum tipo de exercício físico, irá perder peso.

Mas isto não é assim tão linear e passo a explicar algumas razões para estar a fazer esta afirmação.

contar-as-calorias-ingeridas

De notar que não vamos considerar aspectos científicos por não existir estudos sólidos que comprovem a eficácia deste método mas também por não existir estudos que provem o contrário. Por esta razão, tenha em mente por uns instantes apenas os efeitos psicológicos que a contagem de calorias pode trazer. De certeza que não serão bons. Vamos abordar alguns.

3 razões para não contar as calorias ingeridas

  • Não consegue registar as calorias ingeridas com precisão

Contar calorias com precisão não é possível. Ponto. Não existe nenhum aparelho, método, fórmula ou qualquer outro método de contagem que seja infalível. O que apenas consegue fazer é uma aproximação de quantas calorias ingeriu com base nos alimentos consumidos.

Pode argumentar que a maioria dos alimentos trás nas suas embalagens os valores calóricos dos mesmos. Nesse caso irá ficar admirada ao saber que, nos Estados Unidos da América por exemplo, as embalagens, por lei, podem ter uma margem de erro de 20% em relação a estes valores. Isto porque não é possível determinar com exactidão quantas calorias estão dentro de cada embalagem.

Mesmo para frutas, legumes e carnes apenas são apresentados os valores calóricos médios. Isto porque as calorias dependem das estações, dos solos onde são produzidos e quantidade servida (o que é no seu entender uma maçã média?).

Por causa desta informação pode alterar o seu regime alimentar, e muitas vezes para pior. Além de não se alimentar bem, fica com o sentimento de culpa se não os cumprir. Não é grande beneficio isto, pois não?

São apenas números pelos quais regula a sua dieta. Não são precisos nem determinam se realmente irá perder peso ou não. Ponto.

  • As necessidades calóricas mudam todos os dias

Outro factor igualmente importante é que o seu peso muda todos os dias. Pode ganhar ou perder 50 gramas mas isso é suficiente para ter de alterar o número de calorias que pode ingerir por dia.

Irá aperceber-se disto se manter um registo de perda de peso diário. Irá ver que, por muito pequenas que sejam, existe variações diárias no seu peso. Se não acredita, experimente. Vai ficar surpreendida.

Além disso, as actividades físicas diárias não são sempre as mesmas. As suas necessidades calóricas diárias mudam conforme a sua actividade física e, até mesmo, actividade mental. Portanto, e por outras  palavras, as necessidades calóricas diárias de hoje podem não ser as mesmas de amanhã ou de um qualquer dia da próxima semana.

Assumindo então estes factores, faz algum sentido ter um limite de calorias que pode ingerir?

  • Contar calorias é desagradável

Por último, não menos importante, contar o número de calorias ingeridas é desagradável e pode levá-la a desistir de emagrecer.

Pense em termos de democracia. Gostava que algum governo ordenasse que cada pessoa só podia sair à rua 3 horas por dia? Ou que apenas podia falar 1h por dia? Este tipo de imposições normalmente trazem mal-estar, o que transforma a sua missão de perder peso num filme de terror.

Sim deve ter em atenção a sua alimentação. Deve fazer exercício físico e beber muita água. Mas será necessário limitar-se de tal forma que, se às 22h quiser comer uma maçã, não o pode fazer porque já ingeriu calorias suficientes?

Isto a mim parece uma ditadura e, como tal, não é saudável para ninguém. O caminho mais certo é desistir da sua dieta por se sentir miserável. Não é bem o que esperava alcançar, certo?

Conclusões sobre contar as calorias ingeridas

Tiramos várias conclusões desta informação. Não sei se haverá umas mais importantes do que outras mas uma que fica logo bem perceptível é o facto de que não há métodos infalíveis para alcançar o tão desejado peso ideal.

Certamente que para algumas pessoas, a contagem de calorias funciona, por terem uma base para se guiarem na sua dieta, e não deve deixar de fazer isso, se for o seu caso. Contudo, se experimentou este método, não atire a toalha para o chão. Há muitas maneiras melhores de controlar a sua dieta, recorrendo principalmente a alimentação baseadas em alimentos saudáveis, como é o caso da dieta mediterrânica.

Além disso, uma outra conclusão importante é que não deve fazer sacrifícios para alcançar os seus objectivos. Deve sim encontrar a melhor maneira de fazer com que perca peso, nem que para isso tenha de experimentar várias formas de o fazer até encontrar a melhor para si. Tentativa e erro será sempre a melhor opção para alcançar um objectivo de forma sustentável.

Ainda pensa contar as calorias ingeridas para controlar a sua dieta? Ou está aberta a uma forma de emagrecer com a qual se sente confortável?

Mulher entre muitas outras! --

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of