Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Pequenas estratégias para poupar dinheiro

A débil conjuntura social e económica que atravessamos, hoje em dia, leva a que a generalidade das famílias tenha de fazer um esforço acrescido para fazer face ao aumento do custo de vida.

Como se a já elevada taxa de desemprego, sobretudo o desemprego jovem, não fosse já um enorme problema, o aumento do custo de vida, reflectido nos produtos e serviços considerados essenciais para a vida em sociedade, como são exemplo a alimentação e os transportes públicos agravam um problema já preocupante.

Tendo em conta o exposto torna-se preponderante encontrar soluções para poupar dinheiro, sendo também necessário pequenos reajustamentos aos nosso hábitos de vida.

Gastar dinheiro naquilo que realmente é importante

Apesar de a “sociedade do consumo” acarretar imensas vantagens, nomeadamente uma maior e melhor qualidade de vida, fruto de um mais alargado acesso a produtos e serviços, lidar com a falta de dinheiro pode ser extremamente difícil para a generalidade das pessoas. Deste modo consideramos que a educação financeira é um ferramenta fundamental essencial para as sociedades modernas, sobretudo em períodos de recessão económica e baixo crescimento.Pequenas-estratégias-para-poupar-dinheiro

Se vivêssemos numa época em que o dinheiro não fosse problema, comprar isto e aquilo, independentemente da utilidade da compra não acarretaria grandes consequências para o orçamento familiar. Hoje em dia, a realidade é completamente diferente, uma vez que uma má compra pode implicar bastantes sacrifícios e restrições ao longo do mês.

Com tudo isto queremos, não só reforçar que cada compra que realize deve ser pautada por critérios e não pela simples arbitrariedade ou como forma de saciar de qualquer desejo/frustração (deixe o lado “shopaholic” que há em si).

Porquê comprar uma televisão LCD de 80 centímetros quando um modelo mais simples de 40 centímetros já preenche as nossas necessidades? Questionar a utilidade das suas compras fará com que compre apenas aquilo que é realmente importante, não tendo de passar o resto do mês com a corda ao pescoço.

Poupar dinheiro com as refeições

Outro factor que se pode revelar decisivo para poupar dinheiro, mas por vezes descorado pela generalidade das pessoas, prende-se com o dinheiro que gastamos em refeições ao longo.

Muitos de nós temos alguma dificuldade em aferir quanto dinheiro gastamos em refeições ao longo do mês, isto não advém do facto de vivermos um período de boa saúde financeira, mas sim por considerarmos a alimentação algo essencial à vida, não devendo ser colocadas restrições quanto ao que gastamos com alimentos.

De facto a alimentação é algo essencial, diria até vital, todavia o dinheiro que dispensemos com esta necessidade tende a ultrapassar o razoável. Segundo estudos recentes a alimentação representa pelo menos 1/3 do orçamento das famílias Portuguesas e Brasileiras, sendo uma despesa muito considerável

Tendo em conta o exposto, somos perentorios em afirmar que  poupar dinheiro nas refeições pode ajudá-lo a ficar mais desafogado ao longo do mês, podendo aplicar o dinheiro que poupa em outras coisas.

Num artigo recente, abordamos com mais pormenor este tema, concluindo que poupar dinheiro levando as refeições de casa para o trabalho é uma tendência com cada vez mais adeptos.

Importa ainda referir que estas estratégias não são um elenco fechado, ou seja existem um vasto conjunto de outros comportamentos que pode e deve adoptar para poupar dinheiro, como por exemplo fazer refeições em casa em vez de ir jantar ou almoçar tantas vezes fora.

A título de conclusão, podemos aferir que poupar dinheiro é uma arte e não uma ciência!

Mulher entre muitas outras! --

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of