Saiba tudo sobre o Peeling Químico

Atualmente vivemos numa sociedade onde todas as mulheres tem como objectivo ter um corpo bonito e perfeito, todavia com o passar dos anos o nosso aspeto físico vai-se desgastando e envelhecendo, começando a surgir os primeiros sinais da idade, sobretudo a partir dos trinta anos, levando-nos muitas vezes a estados de stress, rejeição e tristeza causados pela inconformidade em relação as características adquiridas com o passar do anos.

Apesar do exposto, hoje em dia não se tem de conformar com o envelhecimento do seu corpo, uma vez que poderá recorrer a alguns tratamentos estéticos que a vão ajudar a retardar os primeiros sinais da idade.

peeling é o tratamento ideal para eliminar e atenuar todas as marcas desenvolvidas com o passar do tempo, este é um tratamento que consiste na eliminação das células mortas da pele e na regeneração de novas células da derme, eliminando desta forma algumas das imperfeições, rugas e manchas da pele. Dentro deste tipo de tratamento poderemos encontrar vários tipos de peeling, sendo um deles o peeling químico.

peeling químico é um tratamento estético que consiste na aplicação de substâncias químicas ácidas com o intuito de remover as células mortas da camada externa da pele, proporcionando assim uma renovação celular, onde a pele nasce livre de imperfeições. Neste tratamento podem ser utilizados diferentes soluções químicas, sendo as mais usadas o ácido glicolítico, ácido tricloroacetico e fenol.
Peeling-Químico

Benefícios do peeling químico

Relativamente aos benefícios do peeling químico, destacamos os principais:

  • Resultados imediatos após a primeira sessão de tratamento;
  • Melhoramento da aparência da pele;
  • Diminuição de rugas causadas pela idade e pelo sol;
  • Melhoramento do aspeto de cicatrizes leves;
  • Pele brilhante e com textura;
  • Uniformização da pele;
  • Estimulação da renovação do colagénio;
  • Pode ser feito em qualquer parte do corpo;
  • Entre outros.

Indicações, contra-indicações e efeitos secundários do peeling químico

O peeling químico é indicado para eliminar marcas da idade, rugas, manchas, cicatrizes causadas pelo acne, sardas, pele sem brilho e textura e em alguns casos pode ser utilizado também como método de tratamento de acne.

Este tipo de tratamento não é recomendado a pessoas com dermatite atópica, psoríase, peles muito morenas ou negras, pessoas cujo organismo tenha dificuldades de cicatrização, pessoas que sofram de ansiedade, grávidas, pessoas que fizeram um lifting facial ou um resurfacing com laser à menos de um ano, pessoas que se vão submeter a uma cirurgia plástica em menos de um mês,  pessoas que fizeram tratamento de radioterapia cutânea e portadores de herpes.

No que concerne aos efeitos secundários do peeling químico, este passam, na generalidade dos casos, pelo:

  • Após a descamação da pele podem surgir cicatrizes (efeito secundário de risco reduzido);
  • Risco de mudança da cor ta pele, podendo este ser temporário ou permanente;
  • Vermelhidão durante vários meses.

Como se processa um peeling químico?

Ao submeter-se a este tratamento estético numa primeira fase o médico responsável pelo tratamento, irá avaliar o estado da sua pele, determinar que tipo de solução química vai utilizar no peeling e quantas sessões são necessárias para atingir os seus objetivos.

Após essa fase inicia-se o processo de tratamento propriamente dito, onde primeiramente lhe protegem os olhos e o cabelo, de seguida efetuam uma limpeza de pele de modo a eliminar todas as oleosidades da pele, e por fim é aplicado o agente químico sobre as áreas a tratar, deixa-se atuar durante o tempo indicado e retira-se.

Após a aplicação do agente químico poderá sentir inicialmente, durante 5 a 7 minutos, uma sensação de ardência e de queimadura, no final da sessão do tratamento poderá sentir um leve ou severo ardor tendo em conta o químico utilizado e vai ter a sensação que a pele esta queimada pelo sol.

Passado alguns dias a pele das zonas tratadas começa a descamar, originando uma pele uniforme  e sem imperfeições, no entanto em relação às rugas estas só serão atenuadas. Após atingir os seus objetivos terá de fazer manutenção do tratamento anualmente ou de 6 em 6 meses consoante o estado da sua pele.
tudo-sobre-peeling-quimico

Cuidados a ter após os tratamentos

À semelhanças de outros tipos de peelings, nomeadamente o peeling de cristal, a realização de um peeling químico acarreta alguns cuidados, entre os quais:

  • Deve usar cremes hidratantes e protetor solar nos primeiros dias – estes  devem ser recomendados pelo seu médico;
  • Nas primeiras semanas deve evitar exposições diretas ao sol e ao calor;
  • Não deve arrancar as crostas provenientes da descamação da pele;
  • Não deve utilizar medicamentos para atenuar a vermelhidão da pele;
  • Entre outros.

Custos de um peeling químico

Relativamente aos custos de um peeling químico, estes poderão oscilar de acordo com diversos factores, nomeadamente o número de sessões necessárias, estado da pele de quem realiza este tratamento e o tipo de tratamento, no entanto o custo médio cifra-se entre os 120 aos 2000 euros.

No caso de estar disposta a recorrer a este tratamento estético para aumentar a sua auto-estima e a sua beleza exterior, deverá sempre consultar o seu dermatologista pois este irá indicar qual o melhor procedimento para atingir os seus objetivos.

Lembre-se, beleza sim mas sempre saúde!

Partilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter