Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
O Baby-Led Weaning

O termo Baby-Led Weaning (BLW) surgiu pela primeira vez em 2005 através de Gill Rapley que o descreveu como sendo um método alternativo à diversificação alimentar tradicional.

É um método de alimentação complementar à lactação, em que são oferecidos pedaços de alimentos ao bebé, que este ingere com as suas mãos, que permite a sua auto-alimentação a partir dos 6 meses e integrando-o na refeição familiar.

Mas afinal o que significa Baby-Led Weaning (BLW)?

Traduzindo à letra significa “desmame conduzido pelo bebé”.

E o que é?

É um método alternativo à tradicional forma de introduzir a alimentação nos bebés e que está a revolucionar a alimentação dos mesmos.

Neste método deixa-se de lado as tradicionais sopas e frutas passadas e as papas e oferece-se ao bebé pequenos pedaços de alimentos para que ele aprenda a comer sozinho. 

Recomenda-se o seu início a partir dos 6 meses, altura em que segundo a Organização Mundial de Saúde se deve começar a alternar a amamentação com a introdução de alimentos sólidos.

Quais as vantagens deste método?

  • O bebé aprende a comer de uma forma mais natural
  • Explora as texturas e os verdadeiros sabores dos alimentos
  • O bebé come o que precisa sem ter a necessidade de o obrigar
  • Desenvolve os sentidos e a motricidade
  • Melhora a comunicação entre os pais e o bebé
  • Integra o bebé nas refeições e faz com que coma o mesmo que os adultos

É importante confiar no apetite do bebé e no seu nível de satisfação.

E as desvantagens?

  • O bebé vai sujar-se mais facilmente porque come com as mãos
  • É um método que exige paciência para adaptar-se ao ritmo do bebé
  • Deve estar atento para evitar que a criança se engasgue, no entanto eles têm reflexos de protecção (parece que vão vomitar) o que lhes dá a capacidade de “expulsar” o alimento da boca com a língua. É muito importante que não entre em pânico para não assustar o bebé.

Como dar início ao BLW?

Antes de mais é importante que o bebé adquira algumas capacidades antes de dar início à exploração dos alimentos, nomeadamente:

  • Sentar-se com pouco ou nenhum apoio
  • Estender a mão e pegar em objectos sem os deixar cair
  • Levar objectos à boca de forma rápida e com precisão (coordenação mão-olho)
  • Roer, morder e mastigar (tenha ou não dentes)

Comece por dar ao bebé pedaços pequenos de alimentos, no formato de “finger food” com dimensão suficiente para o bebé conseguir pegar com a mão, isto é, em palitos grossos e ligeiramente maiores que o punho do bebé.

Coloque os alimentos à disposição do bebé, por exemplo no tabuleiro da cadeira da papa e deixe-o explorar à vontade. Não use pratos ou taças para não distrair o bebé.

Neste método o bebé come o que quiser.

Ofereça uma alimentação equilibrada e variada, dê preferência a alimentos frescos e sazonais.
Os legumes podem ser cozidos a vapor ou assados no forno. Atenção não use sal mas abuse das ervas aromáticas e das especiarias.

A fruta pode dar crua e qualquer uma, desde que bem madurinha com excepção da maçã.
A carne e o peixe pode dar em formato de mini hambúrguer, almôndega ou croquete. Quando já estão mais hábeis pode ser em formato de filete ou lascas.

A introdução da alimentação complementar é uma excelente altura para a família adquirir maior consciência da importância da alimentação saudável na sua vida.

Ao contrário do que sucede com a alimentação tradicional, no baby-led weaning não existe uma lista de alimentos a dar ao bebé, eles podem comer de tudo assim como, não se aplica a regra de dar um alimento a cada 3 dias para verificar a existência de alergia.
Estudos recentes demonstram que é mais benéfico para o bebé expô-lo a uma grande variedade de alimentos.

É importante que o bebé não esteja com demasiada fome, nem demasiado cansado e com sono.

Em suma, os primeiros meses de alimentação complementar são de exploração dos alimentos, e a quantidade de alimentos ingerida pelo bebé não é suficiente para o alimentar.
Assim deve sempre manter a amamentação ou o leite adaptado como principal fonte de energia e nutrientes.

Importa ainda salientar que nem todos os bebés se adaptam a este método, pelo que não deve insistir com o bebé, uma vez que cada um tem o seu tempo e ritmo de aprendizagem.

Mulher entre muitas outras! --

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
Notify of