Formas de vegetarianismo

À primeira vista associa-se vegetarianismo simplesmente a não comer carne. Porém, este regime alimentar não é assim tão linear e na verdade existem diversos tipos de vegetarianismo, uns mais radicais do que outros.

Em geral, os vegetarianos baseiam a sua alimentação essencialmente em produtos de origem vegetal tais como cereais, frutas, leguminosas, oleaginosas, sementes, verduras, etc. depois, alguns incluem certos alimentos de origem animal enquanto outros os excluem totalmente. De qualquer forma, todos procuram variedade, naturalidade e sabor mas também muita saúde, equilíbrio e nutrição.

Para todas as mulheres que estão interessadas em adotar alguma forma de vegetarianismo ou mesmo para aquelas que já são vegetarianas, vale sempre a pena lembrar como é importante ter alguns cuidados na sua alimentação. É fundamental que a mulher tenha uma verdadeira noção do que precisa comer para garantir que o seu organismo tenha acesso a todos os nutrientes essenciais.

Não basta por isso deixar de comer carne, ovos ou produtos lácteos é preciso saber como os substituir e que alternativas há para os vegetarianos. Assim, para além das proteínas (que existem em grandes quantidades nos alimentos de origem animal), a mulher também deve estar atenta a nutrientes como o omega 3 e também a vitamina B12 e o cálcio, dependendo da forma de vegetarianismo que optar.Formas-de-vegetarianismo

Diferentes formas de vegetarianismo

Nem todos os vegetarianos se regem pelas mesmas regras e por isso mesmo existem diferentes formas de dietas vegetarianas, são essencialmente 6 e classificam-se de acordo com o tipo de alimentos que se podem ingerir.

  • Semivegetarianismo: o termo “semi” remete-nos para um “falso” vegetarianismo, ou seja, aqui não se incluem apenas produtos de origem vegetal mas também carne branca ficando apenas totalmente excluída a carne de mamíferos. Por vezes, algumas pessoas começam por esta forma de vegetarianismo para conseguirem uma transição mais gradual.
  • Ovolactovegetarianismo: alimentação composta por alimentos de origem vegetal e também ovos e produtos lácteos. Exclui-se qualquer tipo de carne.
  • Lactovegetarianismo: alimentação composta por alimentos de origem vegetal e produtos lácteos. Exclui-se qualquer tipo de carne e ovos.
  • Ovovegetarianismo: alimentação composta por alimentos de origem vegetal e ovos. Exclui-se qualquer tipo de carne e produtos lácteos.
  • Vegetarianismo semiestrito: alimentação composta por alimentos de origem vegetal. Excluem-se quase todos os alimentos de origem animal, exceto o mel.
  • Vegetarianismo estrito: alimentação composta por alimentos de origem vegetal. Excluem-se todos os alimentos de origem animal. Esta forma de vegetarianismo mais radical também é chamada por vezes de “vegetarianismo verdadeiro”.

Receitas vegetarianas para todos os gostos

Como abordado ao longo do artigo, ser vegetariano não passa exclusivamente por comer este ou aquele alimento, mas sim por um conjunto bastante alargado de produtos alimentares. Como nem todos os alimentos poderão ser do agrado da generalidade das pessoas, deixamos em seguida duas receitas que consideramos que deverão agradar ao paladar de qualquer um.

Queijo fresco com tomate e coentros

Esta receita é adequada apenas a semivegetarianos ou a ovolactovegetarianos, pois inclui produtos lácteos e ovos.

Ingredientes:

  • 50 gramas de queijo fresco;
  • 1 tomate às rodelas;
  • 2 gemas;
  • 1 ramo de coentros;
  • azeite, sal e pimenta q.b.

Preparação:

Comece por fazer um creme de coentros num recipiente junte as gemas, o sal e a pimenta, adicione aos poucos o azeite e depois os coentros guarde no frigorífico. Entretanto, coloque as rodelas de tomate num prato, esmague o queijo fresco com a ajuda de um garfo e espalhe-o por cima do tomate. For fim, disponha à volta o creme de coentros e sirva.

Croquetes de soja

Esta receita é perfeita para todas as formas de vegetarianismo, pois não inclui produtos de origem animal.

Ingredientes:

  • 100 gramas de soja (colocada em água quente durante 15 minutos);
  • 1 colher de sopa de coentros picados;
  • 1 colher de sopa de molho de soja;
  • 4 colheres de sopa de pão ralado;
  • 4 colheres de sopa de farinha de grão;
  • 1 colher de chá de cebola picada;
  • 1/2 dente de alho.

Preparação:

Misture todos os ingredientes para formar os croquetes (entre 6 a 8 croquetes, dependendo do tamanho). Frite-os e sirva com o acompanhamento que desejar.

Se está a pensar em se tornar vegetariana ou se por outro lado já é mas deseja perder peso, experimente a dieta vegetariana e confira os seus resultados.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of