Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
A decisão de ter filhos

A decisão de ter filhos deve ser sempre bem ponderada pelo casal. Não basta ser a mulher a sentir o apelo de ser mãe ou o homem a desejar ser pai até porque se apenas um deles realmente quiser aumentar a família, o outro não deve simplesmente ser arrastado para uma situação que não deseja para a sua vida.

A decisão de ter ou não ter filhos pode provocar grandes desentendimentos entre o casal se a mulher e o homem tiverem opiniões contraditórias sobre este tema.

E não se iluda quanto aos desentendimentos: se estiver numa relação problemática, ter um filho não será a resposta mais indicada nem tão pouco uma solução milagrosa para tudo ficar bem. Trazer ao mundo uma criança com o objetivo de salvar o seu casamento não é justo nem para ela nem para si. Por isso, a decisão de ter filhos passa também por analisar a sua relação e perceber se existe um ambiente saudável e propício para uma criança crescer da melhor forma.

Assim, precisa de analisar os prós e os contras para chegar à decisão mais adequada para si e para a sua família.
A decisão de ter filhos

Uma decisão muito para além da questão financeira

Muitas vezes ouve-se dizer que o facto de um casal ter ou não ter filhos deve-se à sua situação financeira. Este é um aspeto de deve ser tido em conta – pois irá precisar sempre de alguma estabilidade financeira para criar um filho – mas este não deverá ser o único prato na balança. Existem outras questões a considerar como a vocação e desejo de ter um filho, a idade ideal para ser mãe, a fase da vida em que se encontram, o tipo de relação que têm, os vossos planos para o futuro…

Ser mãe requer maturidade e ser pai também claro. A chegada de um filho altera a vida da mulher e do homem e é uma nova fase para a sua relação, exigindo muita responsabilidade, dedicação e algum ajuste de prioridades. Os pais terão de abdicar de algumas coisas e ganharão outras e ambos têm de estar bem cientes disso.

E se a situação for de mãe solteira, a mulher enquanto chefe de família deverá então estar pronta para assumir e controlar tudo sozinha: o lado bom e o lado mau. Porém, ter algum apoio externo ajuda nesta decisão, pois sabe que irá facilitar a sua tarefa de ser mãe – não apenas de forma presencial mas também a nível emocional. Lembre-se que criar um filho é uma experiência única, mas também muito desafiante.

Casais que não querem ter filhos

Atualmente casar já não é totalmente sinónimo de ter filhos. Isto porque aos poucos vão existindo mais casais que moram juntos e casam mas decidem que não querem ter filhos. E não há nenhum mal nisto: o casal pode não sentir vocação ou capacidade de criar e educar uma criança, ou simplesmente preferir centrar-se mais na carreira profissional de cada um e, claro, na própria relação.

Assim, nem todas as mulheres sentem o verdadeiro apelo de ser mãe e isso não faz delas menos mulheres. Ser mulher e ser mãe são papéis distintos, ao contrário do que se pensava à uns tempos atrás. Cada vez há mais mulheres que decidem não ter filhos porque simplesmente não faz parte dos seus planos nem dos seus sonhos.

E de facto, apenas deve ter um filho se realmente considerar que essa é uma experiência totalmente favorável para si, sendo algo que deseja e para o qual está preparada. Se tiver muitas dúvidas, então adie a decisão para mais tarde e foque-se noutras áreas da sua vida não o faça nunca por impulso nem para agradar ou prender o outro. Irá sempre responsabilizar e cobrar a outra pessoa por isso, colocando assim toda a relação em risco.

Mulher entre muitas outras! --

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
tato2122 Recent comment authors

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
tato2122
Visitante
tato2122

Kind day! For me such idea is in relation to the real article. Never put aside a decision about establishment of children! Let it will be so as well as must be. Because then when you as though already and did dare to lead a child where guarantees that you will be able to do it? To put this happiness and they never will interfere with you not in-process not in life!