A Depilação Definitiva

A depilação definitiva trata-se de uma forma eficaz de eliminar os pêlos através da utilização de raios laser para queimar os pêlos até à raiz. A depilação normalmente é definitiva para a maioria dos pêlos, mas ainda assim o termo é subjectivo pelo facto de necessitar de manutenção mais tarde.

Quando a época da praia se aproxima, chega também a preocupação de eliminar aqueles inestéticos pêlos. É verdade que a depilação deverá ser feita todo o ano e não apenas no Verão, no entanto é nesta época mais quente, em que andamos mais desnudados, que nos preocupamos mais com esse problema.

Existem no mercado diversas técnicas de depilação, umas a cera quente, outras a cera fria, outras ainda com o recurso a depiladoras elétricas.
Mais recentemente surgiu no mercado um novo conceito de depilação e uma técnica inovadora que apaixonou muitas mulheres e também alguns elementos do sexo masculino… a depilação definitiva.

Depilação Definitiva – Uma boa forma de se livrar dos pêlos

Uma boa forma de se livrar dos pêlos

Tal como o próprio nome indica, trata-se de depilação definitiva, no entanto a denominação não corresponde inteiramente à realidade. Na verdade, a depilação definitiva tem como objetivo eliminar controlada e seguramente o pêlo e/ou a penugem corporal.

Esta técnica é efetuada com o apoio de luz pulsada. Esta luz, utilizada na fotodepilação, possui um largo espectro calorífero que incide sobre os pêlos e que os eliminará desde a raiz sem prejudicar os tecidos envolventes. Apesar de ser apontada como uma prática de risco, a depilação definitiva já deu provas em como é cem por cento segura.

Em relação aos resultados, esta não é, infelizmente, definitiva mas sim, de longa duração. Isto porque os pêlos estão a ser eliminados definitivamente mas outros estarão a nascer em novos folículos entretanto formados.

Existem 3 tipos de laser, mas apenas os mais modernos podem ser aplicados em peles morenas e negras sem o risco de causar manchas:

  • Photoderm (LID): este método utiliza a luz pulsada, ideal todos aqueles com a pele clara e pêlos escuros
  • Epilaser (Laser de Rubi): indicado para peles claras e pêlos escuros
  • Light Sheer (Laser Diodo): para pessoas com pele morena, negra e até bronzeada.

A eficácia da depilação definitiva

Segundo os mais entendidos na matéria, não existe nenhuma técnica que seja inteiramente definitiva visto que o corpo está constantemente em regeneração, o que provoca o aparecimento de novos folículos pilosos. Foram efetuados vários estudos sobre esta temática e concluiu-se que, através da depilação definitiva, mais de 80% dos pêlos das áreas tratadas, se voltarem a nascer, virão bastante mais débeis.

Para os interessados nesta técnica, convém advertir que serão necessárias entre 6 a 10 sessões de tratamento dependendo da zona a tratar e do tipo de pêlo a eliminar. A melhor altura para o fazer é nos meses de maior frio dado que a pele estará menos exposta a raios solares.

Como funciona nas virilhas?

Caso deseje fazer uma depilação definitiva das virilhas, deve manter-se cerca de 2 semanas afastada do sol antes e 6 depois do processo, e ainda terá de ter a paciência para aguentar 3 sessões, cujos intervalos dependem da região do tratamento pretendida.

Deve ainda depilar-se previamente com uma gillette, de forma que deixe os pêlos visíveis.

Após a sessão, entre 7 a 10 dias os pêlos caem naturalmente, por isso não depile até à próxima sessão. Volte novamente após 40 dias ou até os pêlos crescerem bem.

Consoante o laser que utilizar, o preço varia bastante, tanto no laser como na clínica, e aí não conte com pechinchas, pois nem todas as clínicas se encontram dispostas a realizar este tipo de tratamentos. A verdade é que a depilação definitiva tem os seus riscos, por entrar em contacto directo com as raízes, podendo causar danos graves se não for bem executada.

De qualquer forma, se decidir aceitar o desafio a fim de não ter que lidar com pêlos por uns bons meses, recomenda-se esta experiência, desde que seja paciente e siga todas as regras à risca.

Mulher entre muitas outras! --